7 de nov de 2005

Texto de uma pessoa akula

O TAL CARINHA ESQUISITO

Tem coisa que impressiona a gente, não é mesmo?
Cada um com sua esquisitice.
Tem gente que gosta de assobiar o dia inteiro, gente que lava as mãos compulsivamente de meia e meia hora, gente que cospe quando vê canto de parede, gente que só fala cutucando os outros...
Mas também têm gente, impressionante, sim aqueles que colecionam caretas o tempo todo.
Ele é o tal tipo. Não sei como começou, mas duvido que um dia possa parar, parecem espasmos instantâneos, que duram frações de segundos, mas que se tornaram um hábito incorrigível, uma parte indispensável do próprio ser, creio que seja um acessório para compor o visual, sei lá...
To tentando definir isto faz tempo, virou minha tese.
Este carinha me inspirou, ele tem caretas interessantíssimas, na verdade inspira momentos de alegria, descontração, leveza e ele nem desconfia...
Que querem dizer estes gestos incompreensíveis?
Ou será que comunicam? E muito?
Fico observando de longe, interrogativa e ao mesmo tempo fascinada com aquele desfile de caras e bocas, piscar de olhos, franzir de testa, puxa pra lá, puxa pra cá, fico sem entender o que realmente provoca essa maratona muscular facial compulsiva.
E neste fascínio, chego a perceber que embora a princípio possa parecer patético, a um certo charme em alguns flashes, como num ensaio fotográfico onde desnudamos um pouco do nosso sex appeal!!!
De repente fiquei preocupada, pois ainda sem explicação definida para minha tese, passei a observar tanto, e mais e mais, que às vezes, sozinha em algum lugar, me pego reproduzindo alguns gestos, quase perfeitos de tão parecidos com os do tal tipo.
Vixe!!!! Será que isso pega???

Daniele Forte

Um comentário:

Daniele disse...

Aê!! meu texto tá ficando famoso..rum.. comecar a cobrar direitos autorais..hehe
Valeu Maykon por ter postado...
Bjim!